quinta-feira, 16 de maio de 2013

Milton H. Erickson

                       
O Dr. Milton Hyland Erickson nasceu em 15 de dezembro de 1901 no estado de Nevada nos EUA. Formou-se em medicina com especialização em psiquiatria. Sua forma de trabalho revolucionária e inovadora gerou novos recursos para a psicoterapia e reformulou o trabalho com Hipnose. Foi fundador e presidente da Sociedade Americana de Hipnose Clínica, e também, fundador e editor da revista American Journal of Clinical Hypnosis.


Durante toda vida, Erickson lutou contra inúmeros problemas de saúde. Aos 17 anos, contraiu poliomielite que paralisou várias partes do seu corpo, fazendo com que seus médicos, devido à doença, acreditassem que iria morrer. Ao longo da sua vida teve outros problemas de saúde como Daltônica e Dislexia.


Sua carreira durou cerca de 50 anos. Ao longo deste período, ele realizou uma extensa pesquisa sobre sugestão e hipnose, primeiro como estudante e depois como médico e pesquisador. Seu trabalho influenciou diretamente a Psicoterapia Sistêmica Familiar, a Psicoterapia Breve e a Programação Neurolinguistica.

A abordagem desenvolvida por Erickson possui perspectivas direcionadas a soluções e metas do sujeito, voltadas à ideia de singularidade, onde são enfatizados as experiências, os valores e potenciais de cada pessoa. Para gerar transformações eficazes e duradouras ele desenvolvia um método para cada pessoa, com base no seu histórico individual, tendo também a hipnose como possível ferramenta auxiliar na geração de mudança.

A hipnose Ericksoniana difere da tradicional que é tida como autoritária, onde o hipnotizador tem o poder e o sujeito é submetido às sugestões diretas, utilizando o mesmo procedimento para todos os pacientes. A hipnose Ericksoniana é baseada em processos naturais pelos quais todos nós vivenciamos e, de alguma forma experienciamos, busca acessar nossos recursos e potencialidades sempre a procura de um viver melhor. Dessa maneira o trabalho é feito sobre medida levando em conta as particularidades de cada indivíduo.

Erickson faleceu em março de 1980, pouco tempo antes do Primeiro Congresso Internacional de Abordagem Ericksoniana de Hipnose e Psicoterapia. Reescreveu 140 artigos científicos, foi autor e coautor de Cinco livros sobre hipnose. Atualmente é conhecido como o pai da hipnose moderna.


Referências:

Nenhum comentário:

Postar um comentário